quarta-feira, 29 de abril de 2020

VÍTIMA MENTIA O NOME » Informações desencontradas sobre identidade de elemento assassinado em Santa Cruz

Através de informações colhidas pelo nosso blog no local do crime; uma das ex-companheiras da vítima informou para a Polícia Civil e para o Blog Jota Lima AGORA, que o nome seria Fábio Carmo dos Santos, de 31 anos; porém no final da tarde a polícia descobriu que este nome é do primo da vítima e que o verdadeiro nome é Marcos Fernandes do Carmo, vulgo "Marquinhos", de 31 anos de idade.

Segundo informações, "Marquinhos" mentia sobre o nome porque tinha envolvimento com o mundo do crime na capital pernambucana e colecionava mais de um relacionamento amoroso, então ele deu o nome do primo a jovem que ele se relacionava em Santa Cruz, para ela não descobrir sobre sua vida pregressa. Ainda de acordo com informações, este fato atrapalhou o trabalho da polícia e da imprensa, porque quando foi feito a consulta no sistema, surgiu a foto e o nome do primo do elemento assassinado.

Aqui corrigimos o erro e sempre lembramos que o nosso compromisso é com a verdade dos fatos!

SOBRE O CRIME: 

Foto verdadeira.
Na manhã desta quarta-feira (29), o cadáver de um homem foi encontrado em uma área de vegetação localizada por trás do Moda Center, mais precisamente próximo ao loteamento da Moda, em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste do estado de Pernambuco.

Segundo informações colhidas pelo Blog Jota Lima AGORA, Marcos Fernandes do Carmo, vulgo "Marquinhos", de 31 anos de idade, foi encontrado morto na manhã de hoje, porém acredita-se que ele foi assassinado na noite desta última terça-feira (28), já que a Polícia Militar do 24° BPM (Batalhão de Polícia Militar) recebeu uma ligação anônima na noite anterior informando o local do homicídio.
Ainda de acordo com informações, foram visualizados vários cortes na região do pescoço da vítima, o que fortalece a suspeita de que, foi utilizada uma faca para a execução do crime. 

Marquinhos” tinha passagem pela polícia, deixou uma filha de dois meses, era natural do Recife, morava em São Domingos do Brejo da Madre de Deus e há 5 meses estava separado de uma jovem que mora em Santa Cruz. 

Após levantamento cadavérico o corpo foi encaminhado para o IML (Instituto de Medicina Legal) na cidade de Caruaru.

Nenhum comentário:

Postar um comentário