domingo, 8 de setembro de 2019

Homem que reside em Santa Cruz do Capibaribe é detido com mais de duas toneladas de maconha no interior de Minas Gerais

No início da noite de sábado (07), o efetivo da PRF (Polícia Rodoviária Federal) em Realeza, Distrito do município de Manhuaçu, apreendeu 2.009 (duas mil e nove) barras de maconha, perfazendo cerca de duas toneladas de entorpecentes que estavam dentro de um caminhão, próximo ao KM-62 da BR-262, entre Santo Amaro de Minas e o trevo de Santa Margarida, no interior do estado de Minas Gerais.
O caminhão foi camuflado com caixas vazias utilizadas para transporte de hortifrutigranjeiros, no entanto, no meio da carga, havia 54 caixas contendo 2.009 barras de maconha. Como cada barra tem peso entre 800 a 1.000 gramas, calcula-se que a carga some duas toneladas da droga.

O motorista do caminhão foi detido e conduzido à Delegacia Regional de Polícia Civil de Manhuaçu. Ele relatou que o material saiu do Mato Grosso, iria receber 3 mil reais pela viagem e deveria deixar o caminhão estacionado num posto de combustíveis em Realeza.

Participaram da operação os policiais rodoviários federais Luiz Fernando e João Sotte com apoio dos policiais Judson e Edson Rhodes.

O motorista do caminhão foi identificado apenas pelo nome de “Vitor”, residente no Bairro Santo Agostinho, em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste pernambucano.  

Informações da PRF.

CONFIRA UM VÍDEO SOBRE O CASO: 


Nenhum comentário:

Postar um comentário