sexta-feira, 6 de setembro de 2019

CONFIRA » Pai da criança que foi assassinada pela própria mãe diz que a acusada do crime tem o coração bom e não matou por maldade

Na noite desta quinta-feira (05), uma menina de 10 meses foi assassinada dentro de uma residência localizada no bairro Novo Alvorecer, na cidade de Toritama, no Agreste do estado de Pernambuco.

Segundo informações colhidas pelo Blog Jota Lima AGORA, Ágata Barbosa Ferreira, nascida em 24 de Outubro de 2018, foi morta com um tiro na cabeça no interior da casa que morava com os pais. Ainda de acordo com informações, após o crime a mãe da criança, Priscila Maria Barbosa, de 25 anos e o pai, Wagner Ferreira Costa, de 26 anos de idade, fugiram do local do crime tomando destino ignorado.
Os efetivos do BEPI (Batalhão Especializado de Policiamento do Interior) e policias do 24º BPM (Batalhão de Polícia Militar) inicialmente foram ao local e receberam a informação de que, a criança tinha sido assassinada pela própria mãe. De posse das informações o Sargento Djacir realizou diligências e conseguiu localizar a acusa e o marido em uma área rural do município de Toritama.

PAI TRAFICANTE E MÃE ASSASSINA: 

Além do casal, os policiais localizaram e apreenderam três gramas de maconha, 109 pinos de cocaína e a arma usada no crime, um revólver calibre 38, municiado. A droga e arma pertenciam ao pai da criança que, alegou está enfrentando problemas financeiros, sendo que a cocaína era para comercializar e a arma para se defender. 
Priscila e Wagner foram levados para a delegacia de plantão em Santa Cruz do Capibaribe, aonde o homem foi autuado por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo e a mulher foi autuada em flagrante por homicídio.

Após levantamento cadavérico o corpo foi encaminhado para o IML (Instituto de Medicina Legal) na cidade de Caruaru.

ÁUDIO DA MATÉRIA COM O PAI DA CRIANÇA: 

Em entrevista concedida ao repórter policial Jota Lima, o pai da criança falou que a esposa não matou por maldade e que ela tem um coração bom. Confira abaixo o áudio da matéria com o homem contando como crime aconteceu.




Nenhum comentário:

Postar um comentário