sábado, 31 de agosto de 2019

NA PARAÍBA » Radialista é assassinado e polícia acredita que acusado do crime é um homem com quem a vítima tinha uma “relação amorosa”

Nesta última quinta-feira (29), o cadáver de um homem foi encontrado em um matagal localizado na zona rural de Itaporanga, mais precisamente na saída para o município de São José de Caiana, no Sertão da Paraíba. 

Segundo informações colhidas pelo Blog Jota Lima AGORA, Denisvaldo Mendes Pacheco, popularmente conhecido como “O coisa”, de 37 anos de idade, estava desaparecido deste a última quarta-feira (28) e, foi encontrado morto com sinais de espancamento pelo corpo. Ainda de acordo com informações, a polícia acredita que a vítima foi assassinada no mesmo local que o corpo foi encontrado. 
Após levantamento cadavérico o corpo foi removido do local do crime e levado para o NUMOL (Núcleo de Medicina e Odontologia Legal) na cidade de Patos, em seguida foi liberado e pelo fato de está em avançado estado de putrefação foi logo sepultado, sem a realização do velório. 

A VÍTIMA E O RÁDIO: 

Denisvaldo Mendes” começou sua trajetória na comunicação na extinta rádio Valle FM de Itaporanga e, mais recentemente, atuou na emissora comunitária Boa Nova FM, onde fazia uma participação em um programa de forró interpretando a personagem “O coisa”, onde sua voz anasalada chamava a atenção e divertia o público ouvinte. 

POLÍCIA PRENDE SUSPEITO: 

A polícia trabalha com a hipótese de que o crime tenha sido cometido por motivação passional, já que a vítima teve uma “relação amorosa” com um homem casado da cidade e estava ameaçando através das redes sociais, tonar público a relação dos dois.

Nesta sexta-feira (30), a polícia chegou até o principal suspeito, Cícero Brasilino de Sousa, que é o homem que teve um relacionamento amoroso com a vítima, conforme informou o delgado responsável pelo caso, Dr. Renato Leite. O delegado ainda relatou que o crime teria acontecido depois de supostas chantagens feitas pela vítima. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário