sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Imprensa de luto; morre aos 53 anos o radialista Dimas Andrade

Aos 53 anos de idade,  Dimas Gomes de Andrade faleceu por conta de problemas decorrentes de um câncer na próstata, após se submeter a um tratamento de saúde intenso.

Natural de Campina Grande, Dimas Andrade atuou por mais de 25 anos no veículo rádio, com especial dedicação à área esportiva. Trabalhou na Rádio Borborema, Clube AM e, ultimamente, prestava serviço à Rádio Caturité AM.

Em sua carreira, o radialista também passou pelos quadros da Rádio Cariri AM e Rádio Cidade de Esperança.

Sempre na área esportiva, também teve atuação destacada em emissoras de Fortaleza (CE) e Santa Cruz de Capibaribe (PE).

O velório está organizado na SAB da Bela Vista e o enterro está marcado para o cemitério de Puxinanã, onde estão sepultados seus pais.

O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, antes de retornar de Brasília para a rainha da Borborema, lamentou profundamente a morte do radialista Dimas Andrade.

Romero aproveitou também para registrar seu pesar pelo falecimento do repórter fotográfico William Cacho, 56, na última quarta-feira, 19, vítima de câncer no intestino.

"Dois queridos profissionais de imprensa que deixam saudade e um legado de amor à profissão", resumiu o prefeito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário