quarta-feira, 25 de outubro de 2017

Policiais militares apreendem mais de 136kg de maconha, uma arma de fogo, dois carros e prendem três homens, na zona rural de Santa Cruz

Na noite da terça-feira (24), policiais militares do 24° BPM (Batalhão de Polícia Militar) conseguiram realizar a segunda maior apreensão de maconha do ano de 2017 em toda a área do referido batalhão, na estrada que dar acesso ao Sítio Cacimba de Baixo, zona rural de Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste do estado de Pernambuco.
Segundo informações repassadas pelo Tenente-Coronel Aleixo, dois carros da cidade do Congo-PB estavam com destino a Santa Cruz com uma grande quantidade de drogas que seria descarregada em uma residência localizada no Bairro Neco Aragão, na capital da Sulanca.  Diante das informações, policiais foram destruídos na PE-160, entre a cidade de Jataúba e a zona rural de Santa Cruz, onde após perseguição e troca de tiros, os carros foram interceptados, sendo que um chegou a capotar. 

Ainda de acordo com comandante do 24° BPM, no veículo Gol de cor prata e placas OQM-3786, estavam Flávio da Silva, de 25 anos, e Jônatas Andrade Santos, de 25 anos, que davam cobertura ao veículo CrossFox de cor verde e placas KJH-2609, carregado de drogas e conduzido por Calixto Pedro da Silva Neto, de 34 anos de idade.
O comandante ainda adiantou que, foram apreendidos 136,6 kg de maconha prensada pronta para o consumo, acondicionada em tabletes; três celulares pertencentes aos envolvidos, um revólver calibre 38 com 14 munições intactas e 3 deflagradas; além dos veículos usados para transportar e dar cobertura a droga. 

Todos os envolvidos, juntamente com o material apreendido foram encaminhados à Delegacia de Polícia Federal, na cidade de Caruaru,  para as providências julgadas cabíveis.

NO DETALHE DA NOTÍCIA - Segundo informações da Polícia Militar, Flávio da Silva, de 25 anos, é presidiário de Canhotinho, estava com tornozeleira e responde  por 08 processos na justiça; Jônatas Andrade Santos, de 25 anos, é ex-presidiário e tem 06 processos em andamento e Calixto Pedro da Silva Neto,  de 34 anos de idade, estava com um mandado de prisão em aberto por homicídio em Taquaritinga do Norte.
Participou da ocorrência, as equipes:  VTR do Comando  (Tenente Cel. Aleixo), Oficial de PJES (Capitão Charles), efetivo do GATI (Sargento Ivan), ROCAM, Malhas da Lei e segunda Seção. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário